Saiba as diferenças entre geração centralizada e geração distribuída de energia elétrica

Saiba as diferenças entre geração centralizada e geração distribuída de energia elétrica

Existem algumas diferenças expressivas entre a geração centralizada e a geração distribuída. Enquanto na primeira, usinas maiores concentram a geração de eletricidade, que depois é transmitida para consumidores distantes, na segunda, unidades menores geram energia em vários locais diferentes.

Vamos entender mais sobre esses modelos de geração no texto a seguir. Confira!

Geração Centralizada de Energia

A ideia, como o próprio nome sugere, é centralizar a produção, ou seja, poucas unidades geradoras produzem eletricidade para muitas pessoas.

A energia é transmitida por cabos de transmissão maiores, mais altos e com alta tensão, até as redes de distribuição, que são os cabos de energia no poste e, por fim, a energia que é distribuída pelas concessionárias para chegar até os consumidores.

Vantagens e desvantagens

A grande vantagem desse modelo é a otimização dos custos na geração e a simplicidade para a gestão administrativa, uma vez que as unidades geradoras se concentram em um só local.

Por outro lado, as desvantagens são:

·         custos e perdas de energia na transmissão; 

·         impacto ambiental e social das grandes usinas;  

·         risco maior de indisponibilidade em caso de falha de uma unidade geradora.

Geração Distribuída de Energia

Em linhas grais, a geração distribuída, também chamada de GD, se caracteriza por ter várias unidades geradoras de menor porte para abastecer a rede.

Dessa forma, essas pequenas unidades geradoras abastecem clientes locais, minimizando os custos com a transmissão da energia. Outra vantagem é poder evitar perdas energéticas, como as que ocorrem no modelo de geração centralizada, garantindo maior estabilidade e confiabilidade do sistema.

Além disso, existem algumas regras que precisam ser seguidas por todas as concessionárias, disponibilizadas pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

De acordo com a Aneel, qualquer fonte de energia renovável é permitida na GD, como a hidrelétrica, eólica e solar.

Contudo, não há dúvidas do que está transformando o cenário da geração distribuída nos últimos anos: a popularização da energia fotovoltaica. Atualmente, qualquer telhado que receba uma quantidade razoável de luz solar ao longo do dia pode ser uma micro usina de geração de energia conectada à rede.

E você, já sabia sobre esses modelos de geração de energia?

Como pudemos ver, cada modelo tem sua vantagem e sua desvantagem. Porém, com o crescimento constante de fontes renováveis e atitudes mais sustentáveis, como a energia solar, a geração distribuída tem ganhado destaque, possibilitando que milhões de pessoas geram sua própria energia lima e se tornando autossuficiente energeticamente.

Quer saber mais sobre os benefícios da energia solar? Entre em contato com os nossos especialistas e descubra como você também pode adquirir a sua autonomia energética!

Compartilhar:

Veja mais conteúdos

Você conhece todos os componentes de um sistema fotovoltaico?

Para produzir a energia através do sol, o sistema fotovoltaico possui alguns componentes básicos. Para esclarecer tudo isso, preparamos um artigo especial para você poder entender quais são esses componentes, suas funções, e também as principais características do sistema de energia solar.

Quais as vantagens da Energia Solar? Listamos as 10 principais!

Entre tantos benefícios que a energia solar promove, listaremos 10 vantagens que você tem ao gerar a sua própria energia.

Você já sabe o que é um sistema de energia solar fotovoltaica?

A luz do sol, além de todos os benefícios e de ser essencial para a vida na Terra, pode ser aproveitada para a geração da sua energia!