Investimento em Energia Solar: como calcular o ROI

Investimento em Energia Solar: como calcular o ROI

Você sabe o que a sigla “ROI” significa? Do inglês, Return On Investiment pode ser entendida como o retorno sobre o investimento. Ou seja, a partir dele é possível entender qual foi o ganho obtido em porcentagem ao realizar algum investimento.

É importante saber o ROI da energia solar para entender quão rentável o sistema fotovoltaico é para os consumidores, além de ser um indicador importante na hora de elaborar estratégias e atrair novos investidores.

Pensando na relevância do tema, trouxemos neste artigo o passo a passo de como calcular o ROI da energia solar. Acompanhe!

Fatores relevantes na hora do cálculo do ROI

Existem algumas variáveis que precisam ser levadas em consideração para realização do cálculo do ROI. Vamos entender um pouco mais sobre elas.

Tarifa de energia

Segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), essa tarifa de energia é dada em R$/kWh, sendo utilizada para calcular o consumo mensal de energia.

O funcionamento é em simples, cada quilowatt de energia que foi consumido é multiplicado pelo valor da taxa em reais. Essa taxa, por sua vez, não é um valor fixo e sofre aumentos de tempos em tempos, sendo conhecida também por bandeiras tarifárias.

É importante reforçar que essas oscilações das taxas também devem ser levadas em conta no momento do cálculo do ROI.

Variáveis técnicas

Outros fatores técnicos também precisam ser levados em consideração, como os níveis de incidência solar, a orientação geográfica e o tamanho sistema instalado.

O nosso país é bastante privilegiado com relação aos índices de insolação, contudo, ainda existem oscilações da intensidade da radiação solar no território nacional, afetando a capacidade de produção do sistema.

Além disso, vale ressaltar que grandes empresas costumam produzir energia solar com custos ainda mais baixos que as residências, justamente pela maior demanda energética.

Exemplo de cálculo de ROI

Para adquirir um sistema fotovoltaico, foi necessário, por exemplo, um investimento de R$25 mil e, a partir dele, garantiu-se a economia nos gastos com energia elétrica de R$4.980 reais. A rentabilidade (ROI) pode ser calculada dividindo o valor economizado pelo total investido e multiplicando o resultado por 100.

Sendo assim, R$4.980 divido por R$25 mil é aproximadamente igual a 0,199, ao multiplicar por 100, já que queremos a resposta em porcentagem, temos o valor igual a 19,9% de ROI.

E o payback?

Você, com certeza, já ouviu falar nessa expressão. O payback pode ser compreendido como o tempo de retorno do valor investido, sendo outro importante indicador sobre a relevância dos investimentos em energia solar.

O payback pode ser calculado dividindo o valor do investimento pelo produto da energia gerada durante o ano na tarifa. Então, temos o exemplo:

·         Valor do investimento: R$25 mil

·         Tarifa de energia: 0,83 R$/kWh

·         Energia gerada em 12 meses: 500kWh x 12 x 0,83 R$/kWh

·         Ao realizar o cálculo temos que o tempo necessário para retorno do sistema analisado é em torno de 5 anos.

E você, já sabia sobre os cálculos de rentabilidade de um sistema fotovoltaico? Para entender mais sobre o assunto, entre em contato com a nossa equipe de especialistas e tire todas as suas dúvidas. Estamos prontos para garantir a você o melhor da Energia Solar!

Compartilhar:

Veja mais conteúdos

Você conhece todos os componentes de um sistema fotovoltaico?

Para produzir a energia através do sol, o sistema fotovoltaico possui alguns componentes básicos. Para esclarecer tudo isso, preparamos um artigo especial para você poder entender quais são esses componentes, suas funções, e também as principais características do sistema de energia solar.

Quais as vantagens da Energia Solar? Listamos as 10 principais!

Entre tantos benefícios que a energia solar promove, listaremos 10 vantagens que você tem ao gerar a sua própria energia.

Você já sabe o que é um sistema de energia solar fotovoltaica?

A luz do sol, além de todos os benefícios e de ser essencial para a vida na Terra, pode ser aproveitada para a geração da sua energia!