Bandeiras na conta de luz: entenda como funcionam

Bandeiras na conta de luz: entenda como funcionam

Sempre que há algum aumento na conta luz é sinônimo de preocupação.  Desde 2015 que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adotou o sistema de bandeiras na conta de luz, para que o consumidor saiba se está pagando o valor normal ou um valor a mais pela energia elétrica.

E é sobre esse assunto que falaremos hoje. Vamos entender mais a fundo como o sistema das bandeiras tarifárias funciona e explicar tudo o que você precisa saber sobre ele. Entenda!

O que são as bandeiras tarifárias?

Criadas em 2015 pela Aneel, são responsáveis por sinalizar o custo da energia gerada, gerando um acréscimo no valor da tarifa de energia, dependendo das condições de geração de eletricidade. Assim, o consumidor pode adequar o seu consumo de energia nos períodos em que ela estiver mais cara.

Como o sistema funciona?

As bandeiras são classificadas em três cores diferentes: verde, amarela e vermelha. Veja, a seguir, o que cada uma dessas cores representa:

  1. Bandeira Verde

Significa que as condições estão boas para a geração de energia e não implica em nenhum acréscimo na conta de luz;

  1. Bandeira Amarela

 Representa que as condições de geração da energia estão menos favoráveis, com custo um pouco mais alto. A tarifa sofre acréscimo de R$ 1,35 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido;

3. Bandeira Vermelha

3.1 Patamar 1

Significa que as condições de geração da energia estão com custos mais altos. A tarifa sofre acréscimo de R$ 4,17 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido;

3.2 Patamar 2

 Apresenta o maior custo para geração da energia. A tarifa sofre acréscimo de R$ 6,25 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido.

 De acordo com a Aneel, essas tarifas tornam o sistema de energia mais transparente e possibilita que o consumidor diminua o seu consumo energético.

Por que a conta aumenta?

A usina hidrelétrica, que gera energia a partir da força da água nos reservatórios, é a mais barata. Por isso, em épocas de muita chuva e reservatórios cheios, a bandeira tarifária costuma ser a verde, porque a energia está sendo produzida da maneira mais em conta.

Em períodos de estiagem, quando o nível dos reservatórios diminui, é necessário captar energia de outros tipos de usina, como as termelétricas. Esse tipo de usina gera energia a partir de combustíveis fósseis, como diesel e gás. Além de ser mais poluente, é mais cara. Por isso, quando as termelétricas são acionadas, o custo da geração de energia aumenta e a bandeira tarifária muda.

Situação energética atual do Brasil

O país passa por uma grave crise hídrica, a maior em 91 anos. Justamente por isso, a situação energética também se agrava. Como consequência, há a necessidade de acionar termelétricas – mais caras – e assim, gerar um aumento na bandeira tarifária. 

Na última semana de junho, a Aneel anunciou aumento em 52% da bandeira vermelha, patamar 2, passando de R$ 6,25 para cada 100 kWh consumido para R$ 9,49 o kWh. Ou seja, a conta se tornará ainda mais cara e as preocupações também aumentam.

Como é possível contornar essa situação?

Uma opção viável não só para os momentos de crise, mas para todas as situações, é aderir ao uso de fonte de energia sustentável, como a Energia Solar.

Ao utilizar o sistema fotovoltaico, você deixa de se preocupar com o sistema de taxas na conta de luz e não corre o riso de passar por apagões ou racionamentos. Isso porque, a partir da Energia Solar, você passa a produzir e consumir sua própria energia de forma 100% limpa. 

Além dos benefícios à natureza, você também contribui com as suas finanças, economizando até 99% na sua conta de luz. 

 

Entre em contato com a nossa equipe para um orçamento gratuito e descubra como a Energia Solar pode ajudar você! 

Compartilhar:

Veja mais conteúdos

Você conhece todos os componentes de um sistema fotovoltaico?

Para produzir a energia através do sol, o sistema fotovoltaico possui alguns componentes básicos. Para esclarecer tudo isso, preparamos um artigo especial para você poder entender quais são esses componentes, suas funções, e também as principais características do sistema de energia solar.

Quais as vantagens da Energia Solar? Listamos as 10 principais!

Entre tantos benefícios que a energia solar promove, listaremos 10 vantagens que você tem ao gerar a sua própria energia.

Você já sabe o que é um sistema de energia solar fotovoltaica?

A luz do sol, além de todos os benefícios e de ser essencial para a vida na Terra, pode ser aproveitada para a geração da sua energia!